Outubro Rosa


Desde a última década do século XX, acontece um movimento popular e internacionalmente conhecido como Outubro Rosa, que simboliza a luta contra o câncer de mama. Durante todo o mês são realizadas ações que visam diminuir a incidência dessa doença com a prevenção.


Temos que lembrar que essa doença não é exclusiva de humanos, muitos animais passam pelo mesmo problema.


Os tumores mamários são muito comuns em cães e gatos, mas também acometem outros animais.


O que não se imagina é que pode ocorrer também em machos, pois estes possuem a cadeia mamaria, ou seja, segmento de mamilos a direita e outro segmento de mamilos a esquerda.


O tumor de mama é o segundo mais comum em cães e o mais comum em cadelas. No geral, a doença se desenvolve em animais mais velhos (com cerca de 10 anos de idade), normalmente em animais não castrados, que possuem todo o seu aparelho reprodutivo (inteiros), ou animais que foram castrados após o 1º cio. Não há uma preferência por raça, todas estão sujeitas a esta neoplasia.


Em gatos, ocorrem menos do que em cães, ficando em terceiro lugar. Os mais afetados são animais mais velhos (cerca de 10 a 12 anos) e animais inteiros. Gatos Siameses podem ter maior risco que outras raças. Vale ressaltar que nos gatos a maior parte dos tumores são malignos e altamente agressivos.


A palpação, assim como nos seres humanos, é o exame mais comum, sendo o 1º e o mais importante passo na prevenção, e está ao alcance de todos. O diagnóstico precoce contribui para a redução do estágio de apresentação do câncer e geralmente apresenta um prognóstico mais favorável e elevado percentual de cura, além de diminuir a probabilidade de ocorrência de metástase*.


O diagnóstico conclusivo, se dará após consulta veterinária e através de exames clínicos, tais como exames de sangue, raio-x, aspiração com agulha fina (FNA) e biópsia do tumor.

Na maior parte dos casos, o tratamento para tumores mamários é a retirada cirurgica.

O melhor método para prevenir o aparecimento de tumores mamários é a castração e, de preferência, precocemente (nas fêmeas, antes do primeiro cio, e nos machos, antes de completar 06 meses), pois após esse período a taxa percentual de incidência aumenta muito, porém com a castração precoce essa incidência pode chegar a ser nula.


Nota: neoplasias são crescimentos anormais do tecido, ocorrendo um desenvolvimento mais rápido que os tecidos normais ao redor, de maneira desordenada e persistente.


Metástase basicamente é a disseminação do câncer para outros órgãos – quando as células cancerígenas desprendem do tumor primário (não é uma regra) e entram na corrente sanguínea ou no sistema linfático.

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square